Escolha uma Página

Sabemos que falar sobre práticas e ferramentas financeiras pode parecer complexo para muitos gestores, principalmente quando falamos sobre vendas recorrentes. Por isso vamos esclarecer como o Fluxo de Caixa pode ser facilmente gerido, interpretado e de grande valia para seu negócio.

Para uma empresa se manter financeiramente sustentável no longo prazo é indispensável ter um controle financeiro eficiente e muito organizado. Independente do tamanho do seu coworking, entender seus processos, controlar suas vendas, acompanhar as métricas e planejar seu orçamento são fundamentais para alcançar o sucesso organizacional.

Afinal, o que é fluxo de caixa?

Antes de entender os benefícios, vamos entender o que é o fluxo de caixa. Para além do simples registro e categorização de pagamentos e recebimentos em determinado período, onde é possível acompanhar todas as movimentações financeiras, o fluxo de caixa permite apurar o saldo disponível para capital de giro e eventuais gastos, além de demonstrar quais atividades demandam mais ou menos recursos.

Manter seu fluxo de caixa organizado e atualizado diariamente garante os seguintes benefícios:

  • Avaliar se as vendas atuais serão suficientes para cobrir os desembolsos futuros já previstos;

  • Auxiliar o empresário a tomar decisões antecipadas sobre a falta ou sobra de dinheiro na empresa;

  • Verificar se a empresa está trabalhando com aperto ou folga financeira no período avaliado;

  • Criar estratégias de crescimento;

  • Verificar a necessidade de realizar promoções e liquidações, reduzir ou aumentar preços;

  • Verificar se os recursos financeiros próprios são suficientes para tocar o negócio em determinado período ou se há necessidade de recursos com terceiros.

Como interpretar o meu fluxo de caixa?

Apesar de ser uma ferramenta bem intuitiva é necessário prestar bastante atenção ao registrar contas a receber, contas a pagar, caixa, saldo de aplicações financeiras e o faturamento, pois somente com dados confiáveis e atualizados será possível entender a realidade do negócio.

O saldo final corresponde ao total dos recursos disponíveis no caixa da empresa ou depositados no banco. O cálculo para compreender se está tendo prejuízo ou lucro é simples! Se as receitas estão maiores que as despesas, seu fluxo de caixa está positivo. Se suas despesas estão maiores que as receitas, seu fluxo de caixa está negativo.

Como manter o fluxo positivo?

1. Acompanhe diariamente as movimentações de modo a tomar decisões baseadas nesses dados.

2. Separe as contas pessoais das contas empresariais.

3. Transforme os números em gráficos e/ou esquemas representativos para facilitar a leitura e comunicação com a equipe.

4. Estabeleça metas e monitore quais custos podem ser cortados ou adiados.

5. Faça uma reserva para situações de imprevistos.

6. Por fim, faça bom uso das tecnologias!

Elimine papel, caneta e invista na utilização de uma planilha dinâmica ou de um bom sistema integrado de gestão administrativa e financeira, o que reduzirá a probabilidade de erros, além de proporcionar um aumento considerável na qualidade dos dados e na tomada de decisão.

%d blogueiros gostam disto: